terça-feira, 29 de abril de 2008

AHK-Rio promove seminário de responsabilidade ambiental no turismo

Na próxima quarta-feira, dia 30 de abril, a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro promove encontro para debater a importância da preocupação com a responsabilidade ambiental nas atividades de turismo. Participam do evento o gerente de Novos Produtos da TAM Viagens, Adriano Gomes, a diretora de Meio Ambiente do Programa Roteiros de Charme, Mônica Borobia, e o presidente da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema), Axel Grael, entre outros especialistas no assunto.
As palestras abordarão temas como a responsabilidade sócio ambiental no planejamento de produtos turísticos, hospitalidade, turismo sustentável e impactos ambientais das atividades turísticas. E, para encerrar o evento e deixar a discussão em aberto, os estudiosos vão discorrer sobre a consciência ambiental nos futuros turismólogos. Para inscrições e informações, entrar em contato pelo e-mail eventos@ahk.com.br ou pelo telefone (21) 2224-2123.

Serviço:
Seminário de Responsabilidade Ambiental no Turismo
Data: 30 de abril de 2008
Horário: das 8h às 18h
Local: Universidade Estácio de Sá , Campus Presidente Vargas - Centro 1 / Auditório 9º andar
Investimento: Associado: R$ 50,00 - Não associado: R$ 70,00
Telefone: (21) 2224-2123
E-mail: eventos@ahk.com.br
Site: www.ahk.com.br

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Concurso de quadrinhos

A Fundação Banco do Brasil, a Federação Nacional das AABBs (Fenabb) e o Instituto Cooperforte promovem concurso para disseminar a concepção de educação socioambiental. O certame é destinado às crianças participantes do Programa Integração AABB Comunidade de todo o país.

Para participar a criança deve criar uma história em quadrinhos sobre preservação de recursos hídricos.Para o desenvolvimento dos trabalhos destinados ao concurso, os estudantes poderão utilizar lápis grafite ou de cor, caneta hidrográfica ou giz de cera. Os desenhos podem ser feitos, ainda, somente em preto e branco, devendo ter estrutura entre oito e 16 cenas. As histórias em quadrinhos deverão ser elaborados em grupos de, no máximo, cinco estudantes e cada Programa Integração AABB Comunidade poderá inscrever até cinco trabalhos por categoria.

Para efeito de inscrição e julgamento, os trabalhos serão divididos segundo a faixa etária de seus autores: de 7 a 10 anos, de 11 a 14 anos e acima de 14 anos.A escolha das melhores histórias leva em conta critérios de clareza dos conteúdos relativos à preservação dos recursos hídricos, a inclusão da idéia de participação infanto-juvenil nas ações de preservação e a criatividade na forma de comunicação adotada.

Inicialmente, serão selecionados 30 trabalhos, dez por categoria, que serão considerados finalistas do concurso. Os trabalhos selecionados em primeiro lugar, em cada uma das faixas etárias, receberão R$ 4 mil. Dois trabalhos, escolhidos para a segunda posição, terão direito a R$ R$ 1,5 mil, cada. A categoria com menor número de trabalhos inscritos não concorrerá a esta segunda premiação. Por fim, os autores dos quadrinhos selecionados entre a sexta e a 30ª posição terão direito a R$ 500.

O programa AABB Comunidade é desenvolvido pela Fundação Banco do Brasil em parceria com a Federação Nacional das AABBs (Fenabb) e contribui para a inclusão, a não repetência e a permanência na escola de crianças e adolescentes pertencentes a famílias de baixa renda.

Informações sobre o concurso podem ser obtidas na página do Programa AABB Comunidade na internet (www.aabbcomunidade.org.br), por correio eletrônico (concursoaabbcomunidade@yahoo.com.br) ou pelo telefone (11) 3862-5891, com as professoras Stela Graciani e Marcia Guerra, de segunda a sexta-feira, das 14h às 16h30.

Movimento Blog Voluntário

O Instituto Voluntários em Ação (IVA-SC) está promovendo o Movimento Blog Voluntário, uma ação cujo objetivo é dar uma mexida na Internet e fazer o Dia Global do Voluntariado Jovem acontecer também no mundo on-line, com ações voltadas ao combate do analfabetismo digital.Nos dias 25, 26 e 27 de abril, blogueiros de todo o Brasil vão "postar", em seus respectivos blogs, dicas, artigos, tutoriais, enfim, diversos materiais direcionados àqueles que têm pouca habilidade com o computador.Imagine quantas idéias boas irão surgir com essa ação?!E quantas pessoas serão beneficiadas.

As inscrições e demais informações necessárias aos blogueiros interessados em participar estão no site www.blogvoluntario.org.br.Complementos:- O ato de vários blogueiros postarem no mesmo dia sobre um assunto combinado é chamado de blogagem coletiva ou blog carnival- O Movimento Blog Voluntário tem relação direta com os 8 Jeitos de Mudar o Mundo,proposto pelas Nações Unidas. Ele se encaixa na proposta de número 8: "Todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento".

Mais em dicas de ações:http://www.diaglobal.org.br/fundo.php?url=dicas.htm

Lançamento livro: Ecologia celular



Quem nos manda esta é a querida amiga Adriana Riemer, radialista de primeiríssima. Vale a pena conferir:





"Carlos Braghini, quiropraxista e meu guru de plantão, está lançando livro: Ecologia Celular. No Rosita Café, no Downtown, dia 29 de abril, a partir das 18h. Ele tem filosofias super interessantes sobre alimentação, bem estar... quase um Hermógenes, da nova geração."

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Estrutura sustentável é um dos destaques do Viva a Mata 2008



Evento, que acontece em maio, é idealizado a partir de ações responsáveis com destaque para a cenografia de Beto von Poser


A quarta edição do Viva a Mata – mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica, promovida pela Fundação SOS Mata Atlântica, entre os dias 30 de maio e 1º de junho, das 10 às 18h, na Marquise do Parque Ibirapuera (SP), apresenta uma vasta programação relacionada a questão ambiental e, demonstra uma grande preocupação com o meio ambiente refletida em toda a sua estrutura física. Serão utilizados materiais como garrafas PET, piso OSB (Oriented Strand Board, ou Painel de Tiras Orientadas) e gerador movido a biodiesel, além da coleta seletiva dos materiais recicláveis.

Este ano, o cenário foi idealizado pelo cenógrafo Beto von Poser e a equipe de criação da sua empresa Cenário Brasil, que traz a proposta de criação de estandes feitos com materiais reaproveitados, como as garrafas PET. O OSB é um material conhecido por causar pouco impacto ao meio ambiente, pois não são utilizadas árvores adultas em sua fabricação e a matéria-prima é constituída por madeira de pequena dimensão vinda de florestas geridas de maneira sustentável.

Com a utilização de materiais simples e de baixo custo, o cenógrafo levará ao público a mensagem ‘faça você mesmo’. “Quando eu compro um produto sustentável, sei que estou dando minha contribuição ao Planeta e assim me sinto um consumidor mais responsável. Essa contribuição toma proporções maiores quando tenho a oportunidade de mostrar diversas possibilidades de reutilização desses materiais”, explica Beto von Poser.

O Viva a Mata conta também com a utilização de gerador movido a biodiesel - um combustível orgânico e renovável, produzido a partir de fontes vegetais misturado com etanol ou metanol, que diminui a emissão de gases de efeito estufa; rampa de acesso a todos os estandes e tradução simultânea para deficientes auditivos.

Será realizada ainda a coleta seletiva de todo material reciclável antes, durante e depois do evento, que serão encaminhados diariamente para a reutilização ou reciclagem, pela ONG Pueras. A verba obtida com a venda dos materiais será revertida para a cooperativa de catadores Viva Bem. Serão espalhadas apenas dois tipos de latas para os participantes do Viva a Mata despejarem o material: não recicláveis e recicláveis, com vistas a facilitar a coleta seletiva e conquistar uma melhor adesão por parte do público. A organização contará também com um espaço atrativo, denominado Usina de Triagem, onde além de realizar o trabalho de coleta, a ONG realizará apresentações teatrais e oferecerá mais informações aos visitantes do que é reciclagem e reutilização, o que as pessoas podem fazer no dia-a-dia, como separar o material, por meio de educadores ambientais e monitores.

O Viva a Mata apresenta uma extensa programação: palestras, debates, exposições de organizações que atuam em diversas regiões com projetos pela conservação da Mata Atlântica, estandes temáticos, oficinas, peças de teatro, maquetes interativas, lançamento de livros, atividades com voluntários, entre outras manifestações artísticas.

Sobre o Viva a Mata
Organizado pela Fundação SOS Mata Atlântica, o Viva a Mata tem como principais objetivos comemorar o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio), promover a troca de informações e experiências entre os que lutam pela conservação deste Bioma, realimentar o movimento ambientalista, e informar e conscientizar a sociedade. Na edição passada, o Viva a Mata reuniu cerca de 200 expositores e recebeu aproximadamente 75 mil pessoas interessadas em conhecer o que está sendo feito no País pelo Bioma e aprender sobre como melhorar sua relação com o meio ambiente.

O evento deste ano terá o apoio da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e já tem confirmada a participação do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Conservação Internacional, Arte em Pneus, Fundação Tamar, Vento em Popa e diversas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN). Mais informações pelo e-mail mailto:comunicacao@sosma.org.br ou pelo telefone (11) 3055-7888.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Ultragaz Cultural chega ao Rio de Janeiro

Destaque entre os programas de Responsabilidade Social da empresa, o Ultragaz Cultural, um projeto itinerante que está mobilizando milhares de crianças e jovens em 14 cidades brasileiras, chega ao Rio de Janeiro, onde fica do dia 24 a 26 de abril.
A idéia central é possibilitar que crianças e jovens que normalmente não teriam acesso ao cinema, por causa do valor do ingresso, tenham contato com este tipo de produção cultural. Os ingressos serão previamente distribuídos pela Ultragaz para alunos de escolas públicas.

Trata-se de um cinema móvel, com 92 lugares, instalado numa carreta que, diariamente, tem sido palco de sessões de filmes selecionados pela diretoria das escolas, desde seu início, no dia 1º de março. A estimativa da Ultragaz é impactar diretamente 17.500 jovens e crianças nos meses de realização do projeto.

Em 2008, a Ultragaz irá investir R$ 1,5 milhão em programas de Responsabilidade Social. O Ultragaz Cultural, desde 2000, divulga e propaga a cultura popular do país incentivando o exercício da cidadania e estimulando a educação entre públicos menos favorecidos, sem acesso a eventos e atividades culturais.



Local: Ciep João XXIII
Avenida João XXIII S/N - Conjunto João XXIIIBairro: Santa Cruz,

Samba da Vela no Dia do Trabalho


Lívia Esteves
De São Paulo

No Dia do Trabalho, comemorado em 1º de maio, todos os trabalhadores merecem um pouco de descanso e diversão. E seguindo este lema, a Comunidade Samba da Vela decidiu antecipar a festa de todos os trabalhadores para o dia 28 de abril (segunda-feira). A partir das 20h30, a Casa de Cultura de Santo Amaro e seus fundadores irão receber os amantes do samba para uma noite de muita música e alegria.

Toda semana, mais de 300 pessoas acompanham as rodas de samba sob a chama de uma vela acesa - branca, rosa ou azul, que são as cores da Comunidade – e o samba só termina quando a vela se apaga. Nesse caso, o trabalho está presente nas rodas e por um motivo lá não muito bom: é ele o vilão do encerramento das rodas por volta das 23h. No início, o samba não tinha hora para acabar, o que atrapalhava a rotina de trabalho do dia seguinte, assim, decidiu-se pelo uso da vela, a qual funciona como um despertador (apontando o início e o fim do culto ao samba).

Tema comum nas músicas da Comunidade, as canções destacam a vida dura do trabalhador brasileiro. Para muitos, o samba atua como uma válvula de escape para os problemas do dia a dia. Dentre as canções que abordam o tema trabalho, estão “Novo Amanhecer” (Maurílio de Oliveira/ Magnu de Sousa) e “Cesteiro Seresteiro” (Samuel Queiroz/Marquinho Dikuã), ambas estão no caderno de músicas deste mês (a cada dois meses é lançado um caderno com as melhores canções escolhidas pela comunidade), que traz em sua capa o grupo paulista, Quinteto em Branco e Preto.

Tudo acontece com muito respeito. Durante as rodas não se pode comer, nem beber, nem fumar. Crianças de todas as idades freqüentam a Casa e, de acordo com os fundadores, quem vai ao Samba da Vela, vai por amor ao verdadeiro samba de raiz. No final, uma deliciosa sopa preparada pelo cozinheiro Oliveira é servida a todos. Do lado de fora, é claro!

SAMBA DA VELA
Desde 2000, a Comunidade realiza toda segunda-feira, a partir das 20h30, uma roda de samba na Casa de Cultura de Santo Amaro. Fundada por Maurílio de Oliveira, Magnu Sousá, Chapinha e Paqüera, a idéia é dar oportunidade a novos compositores, para que eles possam ter um lugar onde mostrar suas músicas ao público.


DIA DO TRABALHO NO SAMBA DA VELA
Casa de Cultura de Santo Amaro
LOCAL Praça Francisco Ferreira Lopes, 434.
HORÁRIO A partir das 20h30.
DATA 28/04
http://www.sambadavela.com.br/

domingo, 20 de abril de 2008

!0ª Conferência Internacional do Instituto Ethos


Nesta 10ª edição da Conferência Internacional do Instituto Ethos serão celebrados os 10 anos do movimento de responsabilidade social empresarial (RSE) no Brasil com uma exposição sobre sua história, uma "Mostra de Tecnologias Sustentáveis" e debates sobre os principais fatores para a sustentabilidade dos negócios e da sociedade, produzindo propostas para construção de um mercado socialmente responsável.


Temas para debate:- Ética da sustentabilidade;- Desenvolvimento sustentável da Amazônia ;- Mercado de produtos sustentáveis;- Contribuição das empresas para o desenvolvimento de cidades sustentáveis;- Práticas de integridade e combate à corrupção para um mercado socialmente responsável;- Gestão das finanças para o desenvolvimento sustentável;- Gestão sustentável da construção civil;- Coesão social e sustentabilidade;- Liderança global para a sustentabilidade;- Relações de trabalho para a sustentabilidade;- Gestão sustentável das emissões e do consumo de energia;- Contribuições das empresas no combate a pobreza ;- Contribuições das empresas para a sustentabilidade da Amazônia;- Educação para o consumo consciente;- Gestão sustentável dos agronegócios;- Educação para a sustentabilidade;- Mecanismos para implantar a responsabilidade social empresarial na cadeia de valor;- Propostas para um mercado socialmente responsável.

Palestrantes Confirmados:- Adalberto Veríssimo, pesquisador sênior do Imazon;- Adriana Ramos, coordenadora para a Amazônia do Instituto Socioambiental (ISA);- Anna Maria Medeiros Peliano, coordenadora de pesquisas em responsabilidade social do IPEA;- Antonio Jacinto Matias, vice-presidente do Banco Itaú;- Antonio Nobre, professor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia;- Artur Henrique da Silva Santos, presidente da CUT;- Bernardo Toro, filósofo e educador colombiano;- Cristina Nascimento, diretora do Espaço Empresarial Gestão de Serviços;- Elio Neves, presidente da Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (FERAESP);- Georg Kell, chefe executivo do Pacto Global das Nações Unidas;- Jane Nelson, diretora do Centro de Iniciativa para Responsabilidade Social Empresarial da Universidade de Harvard;- John Elkington, presidente da Sustainabilty;- Julio Barbosa de Aquino, vice-presidente do Conselho Nacional dos Seringueiros;- Laura Valente, Diretora Regional do ICLEI e coordenadora da Campanha Cidades;- Manuel Escudero, iniciativas acadêmicas e projetos especiais do Pacto Global da ONU;- Marcelo Furtado, diretor de campanhas do Greenpeace Brasil;- Mario Sergio Cortella, filósofo e educador;- Ocimar Villela, gerente de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho do Grupo Amaggi;- Oscar Motomura, presidente da Amana-Key;- Ray Anderson, presidente da Interface Inc.;- Ricardo Henriques, assessor da Presidência da BNDES;- Roberto Smeraldi, diretor de Amigos da Terra - Amazônia Brasileira;- Roberto Waack, presidente da Amata;- Simon Zadek, presidente da Accountability;- Vanderley John, membro do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável.


ServiçoO quê: Conferência Internacional 2008 do Instituto Ethos;


Tema: Mercado Socialmente Responsável: Uma Nova Ética para o Desenvolvimento;


Quando: de 27 a 30 de maio de 2008;Onde: Palácio de Convenções do Parque Anhembi;


Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Parque Anhembi - Santana - São Paulo;


Promoção: Instituto Ethos; Realização: UniEthos; Parcerias: Instituto Akatu, São Paulo Turismo, Movimento Nossa São Paulo, Banco de Eventos, Rede Brasileira do Pacto Global;Patrocínio: Petrobras, Alcoa, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, CPFL, Fiat, HP e Shell;Patrocínio Conferência Internacional 2008: Petrobras, Vale do Rio Doce, Banco do Brasil, Banco Bradesco, Alcoa, CPFL, Shell, Fiat, HP;Patrocínio Mostra de Tecnologias Sustentáveis: Petrobras, Vale do Rio Doce, Caixa Econômica Federal e Suzano;Patrocínio projeto Ethos 10 anos: Petrobras, Vale do Rio Doce, ArcelorMittal, Coca-Cola, Infraero, Aché Lab;Apoio: Holiday Inn, Odyssey South America, SPCOM;


Inscrições: exclusivamente pelo site do Instituto Ethos www.ethos.org.br no link do banner principal da página de abertura do site;


Investimento: R$ 1.650,00 para associados ao Instituto Ethos e R$ 2.955,00, para não associados (preço especial válido até 30 de abril de 2008).

Prêmio José Reis de Divulgação Científica para jornalistas


Estão abertas as inscrições para o Prêmio José Reis de Divulgação Científica de 2008.
Concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) desde 1978, o Prêmio é destinado àqueles que contribuam significativamente para tornar a ciência, a tecnologia, a pesquisa e a inovação conhecidas do grande público.


Neste ano, o prêmio será atribuído à categoria Jornalismo Científico , premiando o jornalista profissional que se destaque na difusão da ciência e tecnologia nos meios de comunicação de massa.


Os trabalhos inscritos serão julgados por uma comissão designada pelo presidente do CNPq composta por quatro membros de sua livre escolha e outros quatro indicados pelas entidades: Associação Brasileira de Divulgação Científica, Associação Brasileira de Editores Científicos, Associação Brasileira de Jornalismo Científico e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

O vencedor desta 28ª edição será agraciado com um diploma e premiação em dinheiro, no valor de R$ 10 mil . Além disso, irá participar da reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em julho, na cidade de Campinas (SP), onde acontecerá a entrega do Prêmio.

O Prêmio
A sua criação representou uma homenagem ao médico, pesquisador, jornalista e educador José Reis, falecido em 2002, aos 94 anos de idade. A diversidade dos vencedores ao longo de sua história - entre os quais veículos de comunicação, instituições de pesquisa, equipes de programas de televisão, além de pesquisadores e seus trabalhos individuais - comprova a importância do Prêmio José Reis em motivar a criação dos mais diferentes mecanismos de divulgação científica no Brasil.

As inscrições
Os profissionais interessados em se inscrever terão até o dia 16 de maio deste ano. Para participar deverão enviar, pelos Correios, o Currículo Lattes atualizado, uma cópia do registro de jornalista do MTb, uma justificativa em que evidencie sua significativa contribuição à divulgação científica, cópias dos trabalhos mais importantes e a ficha de inscrição preenchida para o endereço:

CNPq - Serviço de Prêmios
SEPN 507, Bloco B, Sala 203 Brasília - DF CEP 70740-901
mailto:premios@cnpq.brO regulamento na íntegra pode ser consultado pelo link: http://www.cnpq.br/premios/2008/josereis

Campanha SOS Nordeste

Iniciativa tem como objetivo ajudar mais de 540 mil pessoas atingidas pelas enchentes na regiãoEm solidariedade a milhares de famílias nordestinas atingidas pelas enchentes, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas Brasileira realizam a campanha SOS Nordeste.

A arrecadação de recursos financeiros será destinada ao atendimento imediato - alimentos, remédios, colchões, roupas e transporte -, à reconstrução de casas e à recuperação de fontes de água potável (como poços e cisternas) e de meios produtivos (lavouras, criação de animais, entre outros). As ações também serão voltadas ao monitoramento da aplicação dos recursos públicos nos locais atingidos e às iniciativas de prevenção de risco.

Segundo levantamento da Secretaria Nacional de Defesa Civil (14 de abril), mais de 540 mil pessoas foram afetadas pela chuva; destas, 46.585 estão desalojadas e 71.373 desabrigadas. São 299 municípios atingidos nos Estados do Ceará (33), Maranhão (40), Paraíba (101), Pernambuco (42), Piauí (35) e Rio Grande do Norte (48). As enchentes destruíram além de casas, hospitais, escolas e estradas, também meios de subsistência (como criação de pequenos animais, lavouras, hortas comunitárias, entre outros) .

As doações podem ser feitas nas contas bancárias:Banco do Brasil, agência 3475-4, c/c 8018-7;Banco Bradesco agência 0484, c/c 66.000-0;Caixa Econômica Federal, agência 1041, operação 003 - conta 645-0.A campanha acontece até o dia 15 de julho. Você também pode ajudar a divulgar o SOS Nordeste.Os materiais estão disponíveis abaixo para download e podem ser reproduzidos e distribuídos amplamente:Spot 30" (rádio) - http://www.caritasbrasileira.org/spot_radio.wmvSpot 30" (TV) - http://www.caritasbrasileira.org/spot_tv.wav Folheto colorido - http://www.caritasbrasileira.org/panfleto_cor.pdfFolheto P&B - http://www.caritasbrasileira.org/panfleto_cinza.pdf Cartaz - http://www.caritasbrasileira.org/cartaz_a4.pdfA

Cáritas Brasileira é um organismo da CNBB e integra a Confederação Caritas Internationalis, uma das maiores redes humanitárias do mundo, presente em 200 países e territórios. A entidade atua na defesa e promoção dos direitos humanos; na conquista e controle social de políticas públicas; e no desenvolvimento sustentável solidário.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Foto de fim de semana


Luciana Tancredo, fotógrafa de primeira, nossa colaboradora da Plurale em revista e Plurale em site, nos envia a foto do fim de semana.


Para quem pode emendar, um feriadão de cinco dias.


Nós estaremos aqui, trabalhando e atualizando o site.


Curtam bastante!




II Encontro de Arte, Ciência e Cultura

Quem nos envia esta dica é o Professor Téo - Armindo dos Santos de Sousa Teodósio (Téo)Professor da PUC Minas, Doutorando em Administração pela EAESP-FGV.

No período de 22 a 26 de abril, a PUC Minas em Betim vai realizar o II Encontro de Arte, Ciência e Cultura. Trata-se de um evento plural, com diferenças atividades de caráter científico, cultural e artístico.

É uma excelente oportunidade para ouvir excelentes expositores que participam da atividade.

Além disso, o evento é aberto ao público e se constitui também um rico momento de diálogo entre a PUC Minas e a sociedade.

Informações e inscrições estão disponíveis no site http://www.betim.pucminas.br/encontro/ .

Campanha de camiseta para Hospital Pequeno Príncipe


O Hospital Pequeno Príncipe (de Curitiba) lançou no dia 7 de abril, na abertura da XVIII edição do Crystal Fashion, um novo modelo de camiseta da campanha “Nobre é Contribuir”. Com estampa exclusiva do artista plástico Romero Britto, a camiseta será usada por algumas personalidades que participarão da semana de moda especialmente para apoiar a causa da saúde infantil, como a cantora Kelly Key e a atriz Marisa Orth.

A estampa utilizada na camiseta foi criada por Romero Britto em homenagem ao Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e por isso faz alusão a uma bola de futebol. A renda obtida com a venda da camiseta será destinada aos projetos de pesquisa científica desenvolvidos pelo Instituto e às ações de atendimento infantil do Hospital.

Kelly Key, que apóia as ações do Pequeno Príncipe há quatro anos, sobe novamente na passarela para promover a causa da saúde infantil. Ela encerrou o desfile das marcas Lilica Ripilica e Tigor ontem (10/04). No sábado (12/04), a atriz Marisa Orth desfila com a camiseta, encerrando a participação da marca Track & Field no Crystal Fashion.

O Hospital terá um quiosque no piso L2 do Shopping, onde as camisetas poderão ser adquiridas por R$ 30,00. Depois dos desfiles de quinta-feira e sábado, Kelly e Marisa vão autografá-las no quiosque do Hospital. As camisetas também poderão ser adquiridas através do site http://www.lojapequenoprincipe.org.br/

Nobre é Contribuir
A campanha “Nobre é Contribuir” foi lançada no ano passado pelo Pequeno Príncipe. Ela coloca no mercado camisetas com estampas exclusivas. A renda obtida com a venda destas camisetas é destinada aos projetos em andamento na instituição. A camiseta do ano passado arrecadava recursos para a ampliação do Hospital. Neste ano o foco de captação é o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, que desenvolve pesquisas científicas em doenças da infância.

Dia da Caatinga: evento apresenta resultados de um ano da Aliança da Caatinga

Evento apresenta resultados de um ano da Aliança da Caatinga

A embaixada da Suíça, em parceria com a The Nature Conservancy, realiza no dia 22 de abril a comemoração antecipada do "Dia da Caatinga", onde serão apresentados alguns dos resultados obtidos em um ano da Aliança da Caatinga e novas parcerias, além de proporcionar momentos de cultura e culinária da região. A Aliança da Caatinga, formada pela TNC, Associação Caatinga, Confederação Nacional de RPPN e cinco Associações Estaduais de RPPN, criou o Programa de Incentivo à Conservação em Terras Privadas na Caatinga em 2007.
As atividades serão iniciadas com as palavras de boas-vindas do embaixador da Suíça Rudolf Baerfuss; em seguida haverá a projeção de reportagem sobre o evento "Semana da Caatinga" veiculada em 2007. A TNC apresenta também os resultados preliminares do projeto "Aliança da Caatinga". Na parte cultural haverá uma apresentação com um grupo de repentistas e um coquetel com produtos típicos da região.
A Caatinga é um bioma único, rico em biodiversidade e também uma das regiões semi-áridas mais populosas do mundo. As práticas rudimentares de agricultura e o uso intenso dos recursos naturais agravaram a degradação do solo, colocando em risco os meios de vida da população rural dessa região. A TNC e seus parceiros trabalham para contribuir com o desenvolvimento sustentável da região, demonstrando que é possível obter sucesso econômico, justiça social e conversação do meio ambiente.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Novo vídeo da WWF

video

Grupos e comitês de jovens do Rio de Janeiro mobilizam-se para o dia global do Voluntariado Jovem

COMBATE À DENGUE É UM DOS DESTAQUES DAS AÇÕES ESCOLHIDAS

O Rio de Janeiro já está se mobilizando para o Dia Global do Voluntariado Jovem, que se realizará nos dias 25, 26 e 27 de abril. Dos doze grupos e comitês inscritos, três vão realizar ações de conscientização e combate à dengue, doença que já matou mais de 60 pessoas no Estado. Dentre as ações, estão “Xô Mosquito” e “Oficina interativa sobre saneamento e combate à dengue”. Já estão inscritas ações nas cidades Mesquita, Niterói, Rio do Janeiro, Cambuci e Itaperuna.

A União Escoteira do Rio de Janeiro realizou no dia 4 e voltará a desenvolver em 23/4 - Dia do Escoteiro - a “Grande ação escoteira de combate à dengue”, em parceria com a Defesa Civil do Rio de Janeiro, que prevê capacitação e ações educativas.

Desta forma, os voluntários do Rio atendem as expectativas dos organizadores do Dia Global – a ONG Natal Voluntários que espera reunir este ano cerca de 150 mil voluntários em todo o País – de desenvolver atividades voltadas para os 8 Objetivos do Milênio e, mais especificamente, para o saneamento, já que a Organização das Nações Unidas instituiu este como o Ano Internacional do Saneamento. Embora não seja a única causa, a falta de saneamento básico também tem relação com a proliferação da dengue, já que a falta deste benefício provoca o aumento dos mosquitos transmissores. Um outro grupo do Rio de Janeiro vai desenvolver uma atividade diretamente relacionada ao saneamento – o Pré-Vestibular Comunitário Nuclear, de Niterói.

De acordo com estudo da OMS – Organização Mundial da Saúde, cada dólar gasto em saneamento gera em média um benefício econômico de sete dólares. Relatório da ONU revela que atualmente mais de 2,6 bilhões de pessoas não têm acesso a este benefício. No Brasil, a situação vem melhorando, mas ainda 25% da população não conta com saneamento básico.

Para participar do Dia Global do Voluntariado Jovem basta entrar no site http://www.diaglobal.org.br/, clicar no mapa do Brasil escolhendo um estado e procurar a cidade em que se mora. A partir daí, basta conferir as ações voluntárias já marcadas e entrar em contato com os organizadores para integrar o grupo, ou então criar um grupo próprio com uma proposta de ação. O site da iniciativa também oferece idéias de atividades que podem ser desenvolvidas pelos voluntários interessados. Entre elas, estão a organização de um abaixo assinado dos moradores solicitando aos poderes públicos o saneamento do bairro, a proibição de lixo em terrenos baldios e o fornecimento de água de boa qualidade; ou promover uma debate com especialistas em saneamento, fornecimento de água e tratamento do lixo.

INSTITUTO ECOFUTURO PROMOVE PALESTRAS COM O WWF-BRASIL

Encontros acontecem em seis bibliotecas comunitárias Ler é Preciso com o objetivo de promover conhecimento e aprimorar as questões ligadas a educação ambiental
O Instituto Ecofuturo, em parceria com a WWF-Brasil, organização não-governamental dedicada à conservação da natureza, realizam no mês de abril uma série de palestras nas Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso, com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para uma ação integrada pelo meio ambiente, trabalhando a educação ambiental, alinhada à missão do Instituto Ecofuturo - promover a integração entre homem e natureza por meio da educação ambiental. Com o tema Pegada Ecológica - um conceito que mostra que a trajetória da população pelo planeta deixa "marcas" e "pegadas" de acordo com a forma como se constrói os modelos de desenvolvimento - as palestras acontecem nas bibliotecas comunitárias Ler é Preciso da grande São Paulo (datas e locais abaixo).
Irineu Tamoio, coordenador do Programa de Educação para Sociedades Sustentáveis do WWF-Brasil, explica que as palestras são uma ação de sensibilização para que as pessoas reflitam sobre o estilo de vida que levam, cada vez mais, insustentável. "As palestras estão ligadas a uma iniciativa que chamamos de redução da pegada ecológica. A cada vez que nos deparamos com notícias sobre a crise ambiental em jornais, revistas, na televisão ou no rádio, não conseguimos, em geral, perceber a relação entre o nosso cotidiano e este quadro, cada dia mais grave. Muitas vezes, nos remetemos à responsabilidade de outros sem olhar para os nossos hábitos em nossas casas, trabalhos e comunidades. Atribuímos, paradoxalmente, à coletividade, uma responsabilidade que não adotamos para as nossas vidas", conta ele.
Para Liane Codespoti, coordenadora do Programa Ler é Preciso, a realização das palestras vem ao encontro da filosofia do Instituto Ecofuturo. "Nosso objetivo é apresentar com a realização dessas palestras, uma realidade mais próxima do cotidiano das pessoas, mostrando como alguns hábitos atitudes simples podem transformar e impactar positivamente meio ambiente. Sem integrar natureza e homem, não conseguimos promover educação ambiental. Afinal, somos um único ecossistema", explica Liane, comentando ainda que as bibliotecas do Ler é Preciso contam com um acervo em que os freqüentadores podem ampliar os conhecimentos das palestras através de vários livros.
O Instituto Ecofuturo já implantou 71 Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso, nos Estados da Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, que atendem cerca de 52 mil usuários por mês.

Ações do cotidiano e meio ambiente

Nas palestras, o WWF-Brasil faz uma estimativa de quanto da natureza é utilizado para sustentar as formas de moradia, locomoção e lazer, ou seja, o estilo de vida de cada pessoa. Com isso se faz uma relação direta entre o simples fato de fazer compras em um supermercado e a queda nos índices de biodiversidade do planeta.
"O WWF-Brasil acredita que a Pegada Ecológica não é apenas uma nova forma de se trabalhar as questões de educação ambiental, às quais se dedica desde 1971, ano em que a Rede WWF iniciou suas atividades no Brasil. A Pegada é também uma ferramenta de leitura e interpretação da realidade, pela qual poderemos enxergar, ao mesmo tempo, problemas conhecidos, como desigualdade e injustiça, e, ainda, a construção de novos caminhos individuais e coletivos para solucioná-los, por meio de uma distribuição mais equilibrada dos recursos naturais, que se inicia também pelas atitudes de cada indivíduo", comenta Irineu Tamoio.

Programação:As palestras acontecem nas bibliotecas comunitárias Ler é Preciso do Instituo Ecofuturo e têm duração de duas horas.
Dia 16 de abril - quarta-feira10h30 - Mauá (SP)14 horas - Cedeca (SP)
Dia 23 de abril - quarta-feira15 horas - Suzano (SP)
Dia 25 de abril - sexta-feira14 horas - Mogi das Cruzes (SP)
Datas a confirmar:Coopemare e São Miguel Arcanjo (SP)

Sobre o Instituto Ecofuturo
Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), O Instituto Ecofuturo foi criado em 1999 pela Suzano Papel Celulose - que também atua como mantenedora, sempre desenvolvendo projetos em parceria com instituições, empresas, poder público e universidades, nas áreas de educação e meio ambiente, com ênfase no desenvolvimento do ser humano e no respeito à natureza. Tem como missão promover a integração entre homem e natureza por meio da educação ambiental e como ideal conciliar o desenvolvimento econômico com desenvolvimento humano e conservação do meio-ambiente, incentivando a construção coletiva de uma cultura de sustentabilidade.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Univvverrsso Gentileza


Ao resgatar a filosofia do profeta urbano, novo espetáculo circense da ONG Crescer e Viver fortalece o conceito mais amplo da cultura da gentileza


Trabalhar a mensagem de Gentileza na linguagem circense e fazer com que suas idéias retornem ao seu solo primeiro. Este é o grande desafio do novo espetáculo da ONG Crescer e Viver: Univvverrsso Gentileza, com lançamento no dia 10 de abril e estréia prevista para agosto. Mais do que apresentar a figura teatral do Profeta Gentileza e a força da frase "Gentileza gera gentileza", o espetáculo mergulha na tensão contemporânea para provocar a reflexão: será que podemos viver de outra forma?

A montagem, uma adaptação do livro Univvverrsso Gentileza, de Leonardo Guelman, irá confrontar a crise de valores observada por José Datrino, o profeta Gentileza, nos anos 60 com a realidade atual da sociedade. "A concepção do espetáculo tem como objetivo mostrar os escritos do Profeta como símbolo de um princípio reestruturador das relações humanas", explica Junior Perim, coordenador do Crescer e Viver. Para a ONG, retomar o Profeta Gentileza na construção do espetáculo significa o despertar de uma atitude, de uma idéia positiva diante da vida, que se conjuga aos princípios e ações formadoras do Circo Social.

"Uma iniciativa que não deve ficar restrita ao universo circense", acrescenta Perim. Univvverrsso Gentileza será o ponto de partida para outras ações: a revitalização dos escritos murais do Profeta, a intenção de se criar o Instituto Gentileza e uma nova edição do livro de Leonardo Guelman, entre outros. "O espetáculo servirá, sobretudo, como um alerta para a necessidade de salvaguarda da obra de Gentileza", acrescenta Leonardo.

O evento de lançamento, aberto ao público e gratuito, será no dia 10 de abril, ás 14h, na lona do Crescer e Viver, na Praça Onze. Na ocasião será feita a audição para selecionar o elenco do Espetáculo e haverá a exibição do documentário Gentileza, de Luiz Eduardo Amaral. Em seguida, o diretor do filme, Leonardo Guelman e das filhas do Profeta Gentileza participarão de um debate. O lançamento do Espetáculo antecipa as comemorações do aniversário de Gentileza, celebrado no dia seguinte, 11 de abril. Se o profeta estivesse vivo, estaria completando 91 anos.


Gentileza, personagem inscrito na memória popular do país, com suas pregações pelas cidades, tornou-se ícone de uma postura mais humana e gentil. Tomado por uma revelação após o incêndio de um circo em Niterói, em 1961, largou tudo para pregar a gentileza em um movimento que assumiu por 35 de seus 79 anos de vida. Homem simples e de grande intuição, viu naquela tragédia a metáfora de uma crise maior, pois, para ele, "a derrota de um circo queimado é um mundo representado, porque o mundo é redondo e o circo arredondado".

ESPM realiza a terceira edição da “Semana do Terceiro Setor”

Evento reúne empresas, professores e alunos para discutir temas relacionados ao consumo e sustentabilidade

São Paulo, 10 de abril de 2008 - A ESPM Social realiza a 3ª edição da Semana do Terceiro Setor no período entre 14 a 17 de abril. Com o tema Produção Consciente, alunos, professores e profissionais de empresas e agências de comunicação, participarão de uma série de palestras para mostrar ações e novas abordagens com o intuito de fomentar nos estudantes a importância de serem agentes da transformação por um mundo sustentável.

A cada dia, um novo tema será abordado, apresentando as interações entre consumo, antropologia, teoria da comunicação, comportamento, língua portuguesa com aspectos mais práticos da área de comunicação como planejamento, marketing, responsabilidade social e sustentabilidade.

As mesas serão formadas por professores da Escola de diferentes disciplinas e profissionais do mercado. O evento começa em 14 de abril, com apresentação filme Surplus, documentário no formato de videoclipe que discute o atual excesso de consumo, seguido de debate sobre produção inconsciente com a participação da empresa VIVO.

Em 15 de abril, terça-feira, acontece a palestra do Instituto Operação Sorriso Brasil com a participação da Agência F/Nazca. No dia seguinte, 16 de abril, o Grupo Pão de Açúcar apresenta o projeto modelo “Caixa Verde” – responsável pelo incentivo da reciclagem de embalagens ainda no ponto-de-venda.

O evento encerra em 17 de abril, com a palestra de profissionais de comunicação da marca Dove com a apresentação da campanha “Real Beleza” e a agência Ogilvy. Paralelamente às palestras, a ESPM Social fará uma campanha de arrecadação de aparelhos eletrônicos defeituosos ou quebrados junto aos participantes. O material será doado a uma instituição de reciclagem da Reserva da Mandira, no Vale da Ribeira.

A Semana do Terceiro Setor incentiva os alunos a uma reflexão acerca de assuntos voltados à sustentabilidade e seu papel na sociedade. “O objetivo é preparar os novos profissionais com uma visão crítica e ampla dos desafios do mercado, consumo e produção”, explica o coordenador da ESPM Social, Ismael Rocha Júnior.

A responsabilidade social é um dos quatro pilares da gestão da ESPM (inclui ainda a geração do conhecimento por meio de pesquisa, a inovação e a internacionalização). Para isto, a Escola incentiva à inserção do tema responsabilidade social e sustentabilidade nas disciplinas que compõem os cursos de graduação e pós-graduação da ESPM. O evento é voltado à comunidade acadêmica ESPM.


Sobre a ESPM Social
A ESPM Social está em atividade há oito anos e é administrada pelos próprios alunos, sob supervisão de um grupo de professores e total apoio e incentivo da Escola. Com isso, a ESPM Social desenvolve programas sociais em três frentes: projetos pontuais desenvolvidos na própria instituição; ações em comunidades carentes; e consultoria de marketing, comunicação e administração para Organizações Não Governamentais (ONGs).

PROGRAMAÇÃO

14/04, segunda-feira, às 14h
Apresentação do filme "Surplus" - documentário no formato de um videoclipe que discute o atual excesso de consumo – e debate sobre consumo inconsciente, com participação da empresa VIVO.
Local: Sala de estudo

15/04, terça-feira, às 14h
Palestra do Instituto Operação Sorriso Brasil, com participação da agência F/Nazca.
Local: Auditório Victor Civita

16/04, quarta-feira, às 14h
Palestra do Projeto Modelo "Caixa Verde", do Grupo Pão de Açúcar
Local: Auditório Victor Civita

17/04, quinta-feira, às 14h
Palestra da Dove sobre a Campanha "Real Beleza", com a participação da agência Ogilvy.
Local: Auditório Philip Kotler

Museu da Pessoa promove o 1º Festival Um Milhão de Histórias de Jovens

Articular uma rede de jovens empenhados na transformação do Brasil. Qualificar políticas públicas voltadas à juventude. Lançar novos olhares sobre esta parcela da população. Tudo isso por meio de histórias de vida. Esses são os objetivos do Movimento Um Milhão de Histórias de Jovens, formado por 30 organizações espalhadas em 10 estados brasileiros.

Para potencializar suas ações, o Movimento criou um grande encontro, que reúne nos dias 19 e 20 de abril, na cidade de São Paulo, seus mais de 100 agentes de histórias. Os participantes promoverão debates sobre vários temas a partir das histórias de vida de jovens, como saúde sexual e reprodutiva, direitos humanos, democratização da comunicação, além de oficinas de rádio, fotografia, vídeo, exercícios de mobilização social e exposições.

Integrando sotaques de todo o Brasil e diferentes modos de apropriação da metodologia do Movimento, o Festival Um Milhão de Histórias de Jovens pretende estar sob os holofotes de representantes da sociedade. Entidades envolvidas com a melhoria das condições sociais, com a luta pelos direitos fundamentais e com a comunicação social vão garantir a disseminação e o encaminhamento das reflexões e conteúdos que surgirem no festival, contribuindo para a mobilização das autoridades e para a sensibilização da opinião pública.

Você também pode aderir! O Festival será uma boa oportunidade para quem ainda não conhece o Movimento se envolver nessa iniciativa. Para participar, envie um e-mail para contato@ummilhaodehistorias.org.br ou se informe em www.ummilhaodehistorias.org.br. Será possível se inscrever para as atividades a partir do dia 11 de março, data do lançamento da programação.

O Movimento Um Milhão de Histórias de Vida de Jovens convoca todos a participar do Festival para conhecer e dar força às bandeiras levantadas pela própria juventude brasileira, em prol da abertura de novas possibilidades para seu desenvolvimento!

Quem faz parte do Movimento e apóia o Festival:
• Agentes Jovem - Várzea Paulista – SP • Ashoka - Geração MudaMundo • Associação Imagem Comunitária • Cala Boca Já Morreu • Canto Jovem • CEDECA Interlagos • CEDECA Sapopemba • Cipó – Comunicação Interativa
• Coletivo FABICINE • CORSA • CPA • CRIA • Etapas • Fundação Casa • Galeria ZooN • Gotas de Flor com Amor • Instituto Aliança • Instituto Elo Amigo • Instituto Juventude Contemporânea • Instituto Paulo Freire • Instituto Religare Reciclagem Cultural e Social • Instituto Sou da Paz • Lua Nova • Mais Diferenças • Ong Formação • Pastoral da Juventude • Revista Viração

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Concurso de fotos "Filhos do Brasil" tem 42 semifinalistas


Participantes são de 14 estados brasileiros, um é de Portugal e júri popular escolhe pela internet as 20 melhores fotosQuase 10 mil internautas haviam acessado até o final desta terça-feira/08 o hot site de votação do júri popular que vai escolher as 20 melhores fotos entre os 42 semifinalistas do Concurso Nacional de Fotos Filhos do Brasil, promovido pelo Instituto Idecace de São Paulo com apoio da ONU.


Para participar basta entrar no www.idecace.org.br/filhosdobrasil/voto e escolher uma das 42 fotos pré-selecionadas pela Comissão Julgadora.A "eleição", iniciada há uma semana, vai até o início da segunda quinzena de maio, quando a Comissão Julgadora indicará os três melhores trabalhos. Os personagens das fotos são crianças e adolescentes que vivem em situação de risco - no Brasil, mais de cinco milhões apenas no trabalho infantil.


Fotógrafos profissionais e amadores de 14 estados brasileiros e um de Portugal participam desta fase do Concurso. A partir de junho as 42 fotos serão reunidas em uma Exposição que percorrerá algumas das principais cidades do País até o final do ano.A Comissão Julgadora é constituída por renomados profissionais em seus segmentos de atividades: Gabriel Chalita (curador do Concurso), Sheila Villas Boas (secretária-geral do CNU Brasil - Conversando com as Nações Unidas), Laila Shukair (presidente da Associação Brasileira de Magistrados e Promotores de Justiça da Infância e Juventude), Marcelo Bormac (fotógrafo), Mário Meirelles (TV Globo) e Marcos Mezzacapo (Idecace).


Os semifinalistas


ES - Amanda Ramos Ribeiro - foto Filhos do Brasil PedroRS - Andréa Graiz Emerson Machado Fernando Carniel Machado - Guri do Lixo Luis Alberto Santos - Brasil 500 anos PE - Ângela Verônica Magalhães de AlmeidaArthur Mota CE - Caroline de Almeida Braga Domingues Evilazio Moreira Bezerra Filho - Pai Acolhendo os Filhos Rodrigo Patrocínio - A Cerca Sergio Carvalho de Santana - Bóia Fria Sheila Maria de Oliveira e Sousa - Crianças que Vivem nas Ruas PR - Daniel Ferreira Florencio - Sorrisos do Brasil Suzete Celi RissioPI - José Alves Ferreira Filho DF - Eduardo Rodrigues Peixoto - Futuro do Brasil Jorge André Diehl - Pequeno Pedreiro BA - Angelo William do Rosário FerreiraEmerson Rodrigues Rocha dos Santos Exidio Cerqueira Correia - Lavadeirinhas do Remanso José Mauricio Requião - O Forno Luis Eduardo Nascimento TavaresMariana Pinto MirandaSP - Apu Gomes - Criança na CracolandiaGabriel Nunes Vallejo - Lixo in MemorianMelina Resende - Infância PequenaMichelle Garau Moll - Menino Pedro Brandimarte Mendonça - Chute na Infância Rafael ElufTatiana Cardoso - A Menina Wenilton Luis Daltro - Eu quero Brincar MT - Fablicio Rodrigues de Barros - Lixão a Escola RJ - Guilherme Christ de Menezes Sousa Livia Villas Boas - Olhando para o FuturoMarcos Henrique Esteves da Silva - Trabalho Infantil Mariza Lima - Circo da Vida Paulo Waghabi Walter Mesquita - Crianças Copy MA - Pámela Araujo PintoMG - Paulo Henrique Lopes - Mito da Caverna AC - Valdirene Mendes Fernandes Portugal: Junancy B. Wanderley Junior - Criança Estrada

Biblioteca destinada a deficientes visuais recebe o nome de Dorina Nowill

Dorina de Gouvêa Nowill recebe na próxima quinta-feira, dia 17 de abril, homenagem do Centro de Apoio ao Deficiente Visual de São Gonçalo (CADEVISG), que será inaugurado neste mesmo dia, em Porto Velho, São Gonçalo. Cada sala da instituição, localizada no Estado do Rio de Janeiro, será identificada por nomes de pessoas com deficiência visual que conseguiram superar seus problemas e ultrapassar barreiras impostas pela sociedade. A biblioteca receberá o nome de Dorina Nowill e será voltada a pesquisas e estudos dos usuários, com livros falados, em Braille e digitais, além de computadores adaptados. No local também serão realizadas atividades de alfabetização. Mais informações no site http://www.cadevisg.org.br/.

"Fico muito grata em saber que meu nome será dado a uma biblioteca designada a deficientes visuais e pessoas com baixa visão. Mas, o que mais me agrada, é saber que a população de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, terá a partir do dia 17 de abril, mais um centro de apoio a pessoas com deficiência visual, onde poderão aprender diversas atividades, como leitura em braille, música e receber apoio psicológico, fisioterápico e fonoaudiólogo", comenta Dorina de Gouvêa Nowill, presidente emérita e vitalícia da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Sobre a Fundação Dorina Nowill para Cegos

Instituída em 1946, a Fundação Dorina Nowill para Cegos tem o objetivo de favorecer a inclusão social de crianças, jovens e adultos cegos ou com baixa visão por meio de ações educativas e culturais. A iniciativa de criar a Fundação foi da professora Dorina de Gouvêa Nowill, cega desde os 17 anos. A Fundação atua na produção de livros em braille, falados e digitais. Oferece programas de atendimento especializado ao deficiente visual e sua família, que inclui as áreas de reabilitação visual, com avaliação inicial do caso, clínica de visão subnormal, educação especial com reabilitação, orientação e colocação profissional do deficiente visual.

Luta pela Paz, do Complexo da Maré, se transforma em ONG e faz lançamento no Circo Voador

Dia 15/abril(terça-feira) – a partir de 18:30 – Entrada Franca

Luta Pela Paz (LPP) foi fundado em 2000 como um projeto do Viva Rio pelo ex lutador amador de boxe, o inglês Luke Dowdney, no Complexo da Maré, Rio de Janeiro. Passados 8 anos de muitas vitórias, realizando trabalhos com mais de 2000 crianças e jovens, agora se tornará uma ONG internacional. A festa de lançamento será no Circo Voador, dia 15 de abril (terça-feira), a partir de 18:30h, com entrada franca e censura livre. LPP tem o objetivo de romper barreiras sociais, prevenindo e superando a violência através do acesso ao esporte (luta livre, artes marciais, capoeira), educação e promoção da liderança juvenil.

No Circo Voador a programação é extensa, com direito a shows das bandas Farofa Carioca, Nação Maré, Grupo Fundamental e DJ Lencinho. Um ringue profissional estará montado para apresentações de luta de boxe, com a participação especial do Campeão de Luvas de Ouro 2007, Roberto Custódio. Ainda tem exposição fotográfica, exibição de vídeo, roda de capoeira e luta livre.

"Partimos agora para o desafio de ser uma organização independente. Devido ao crescimento do Luta Pela Paz no Rio, também estamos replicando nossas ações internacionalmente. Vamos inaugurar ainda no mês de abril a Fight For Peace, em Londres. Vem aí mais uma bela tarefa", entusiasma-se Luke.

Desde que foi fundada, Luta pela Paz tem desenvolvido um modelo de prevenção e reabilitação para confrontar o problema de participação de crianças e adolescentes em crimes, gangues e violência armada em comunidades de baixa renda. Esta estratégia é baseada no modelo Cinco Pilares:
1. Aulas de Boxe e outras artes marciais e competições
2. Programas extras curriculares e formais de educação
3. Acesso ao mercado de trabalho formal através de treinamento e encaminhamento e programa de monitoria nas atividades internas
4. Serviços de apoio e encaminhamentos para jovens e seus familiares
5. Incentivar jovens lideranças com a participação no conselho jovem e treinamentos

Saiba mais nos sites www.lutapelapaz.org / www.fightforpeace.net

Desde 2004 a Laureus Sport for Good Foundation tem apoiado o Luta Pela Paz, e mais recentemente tem acompanhado o estabelecimento do Fight for Peace em Londres. A organização é o braço filantrópico da Laureus World Sports Academy, onde alguns dos maiores atletas do mundo concentram seus esforços para usar o esporte como uma ferramenta positiva para a mudança, principalmente dos jovens. (Saiba mais sobre a Laureus no www.laureus.com/foundation)

Pelo trabalho realizado no LPP, em abril de 2007 Luke ganhou o prestigiado prêmio Laureus na categoria "Esporte para o Bem" em noite de gala para o esporte mundial, em Barcelona, Espanha. Conhecido como o Oscar do esporte, o prêmio Laureus é distribuído desde 2000 aos melhores do ano e reúne atletas e celebridades, incluindo o Rei da Espanha, Juan Carlos, que abriu a cerimônia do ano passado. Dowdney recebeu seu prêmio das mãos do campeão mundial de boxe, Marvelous Marvin Hagler.

Para Ana Caroline (22 anos) e Pedro Artur (24 anos), respectivamente agente de mobilização e assistente administrativo do LPP, o momento é de muita alegria e comemoração. "Estou no projeto desde o início, pequeno. E agora estamos caminhando com nossas próprias pernas. Tudo isso é muito especial pra mim", diz Pedro. E Ana Caroline completa: "O que estamos vivendo é um sonho se transformando em realidade. Ver nosso trabalho crescendo e se multiplicando, inclusive fora do Brasil é muito emocionante". Precisa dizer mais?

SERVIÇO:
Lançamento da ONG LUTA PELA PAZ
Local: Circo Voador (Arcos da Lapa, s/n – Centro)
Data: 15/abril – Horário: 18:30 às 22:00h
Entrada Franca - Censura Livre
Capacidade: 2.000 pessoas

PROGRAMAÇÃO
Shows com Farofa Carioca, Nação Maré e Grupo Fundamental
DJ Lencinho
Lutas de boxe com participação do Campeão Luvas de Ouro 2007 – Roberto Custódio
Exposição Fotográfica
Exibição do novo vídeo Luta pela Paz
Apresentação de Roda de Capoeira e Luta Livre

Conferência Internacional do Instituto Ethos : até o dia 11 de abril com preço promocional




Nesta 10ª edição da Conferência Internacional do Instituto Ethos celebraremos os 10 anos do movimento de responsabilidade social empresarial (RSE) no Brasil com uma exposição sobre sua história, uma "Mostra de Tecnologias Sustentáveis" e debates sobre os principais fatores para a sustentabilidade dos negócios e da sociedade, produzindo propostas para construção de um mercado socialmente responsável.
Temas para debate:- Ética da sustentabilidade;- Desenvolvimento sustentável da Amazônia ;- Mercado de produtos sustentáveis;- Contribuição das empresas para o desenvolvimento de cidades sustentáveis;- Práticas de integridade e combate à corrupção para um mercado socialmente responsável;- Gestão das finanças para o desenvolvimento sustentável;- Gestão sustentável da construção civil;- Coesão social e sustentabilidade;- Liderança global para a sustentabilidade;- Relações de trabalho para a sustentabilidade;- Gestão sustentável das emissões e do consumo de energia;- Contribuições das empresas no combate a pobreza ;- Contribuições das empresas para a sustentabilidade da Amazônia;- Educação para o consumo consciente;- Gestão sustentável dos agronegócios;- Educação para a sustentabilidade;- Mecanismos para implantar a responsabilidade social empresarial na cadeia de valor;- Propostas para um mercado socialmente responsável.
Palestrantes Confirmados:
- Adalberto Veríssimo, pesquisador sênior do Imazon- Adriana Ramos, coordenadora para a Amazônia do Instituto Socioambiental (ISA)- Anna Maria Medeiros Peliano, coordenadora de pesquisas em responsabilidade social do IPEA- Antonio Jacinto Matias, vice-presidente do Banco Itaú- Antonio Nobre, professor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia- Artur Henrique da Silva Santos, presidente da CUT- Bernardo Toro, filósofo e educador colombiano- Cristina Nascimento, diretora do Espaço Empresarial Gestão de Serviços - Elio Neves, presidente da Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (FERAESP)- Georg Kell, chefe executivo do Pacto Global das Nações Unidas- Jane Nelson, diretora do Centro de Iniciativa para Responsabilidade Social Empresarial da Universidade de Harvard- John Elkington, presidente da Sustainabilty- Julio Barbosa de Aquino, vice-presidente do Conselho Nacional dos Seringueiros- Laura Valente, Diretora Regional do ICLEI e coordenadora da Campanha Cidades- Manuel Escudero, iniciativas acadêmicas e projetos especiais do Pacto Global da ONU- Marcelo Furtado, diretor de campanhas do Greenpeace Brasil- Mario Sergio Cortella, filósofo e educador- Ocimar Villela, gerente de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho do Grupo Amaggi- Oscar Motomura, presidente da Amana-Key- Ray Anderson, presidente da Interface Inc.- Ricardo Henriques, assessor da Presidência da BNDES- Roberto Smeraldi, diretor de Amigos da Terra - Amazônia Brasileira- Roberto Waack, presidente da Amata- Simon Zadek, presidente da Accountability- Vanderley John, membro do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável
Serviço
O quê: Conferência Internacional 2008 do Instituto Ethos;Tema: Mercado Socialmente Responsável: Uma Nova Ética para o Desenvolvimento;Quando: de 27 a 30 de maio de 2008;Onde: Palácio de Convenções do Parque Anhembi;
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Parque Anhembi - Santana - São Paulo;Promoção: Instituto Ethos; Realização: UniEthos; Parcerias: Instituto Akatu, São Paulo Turismo, Movimento Nossa São Paulo, Banco de Eventos, Rede Brasileira do Pacto Global;Patrocínio: Petrobras, Alcoa, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, CPFL, Fiat, HP e Shell;Patrocínio Conferência Internacional 2008: Petrobras, Vale do Rio Doce, Banco do Brasil, Banco Bradesco, Alcoa, CPFL, Shell, Fiat, HP;Patrocínio Mostra de Tecnologias Sustentáveis: Petrobras, Vale do Rio Doce, Caixa Econômica Federal e Suzano;Patrocínio projeto Ethos 10 anos: Petrobras, Vale do Rio Doce, ArcelorMittal, Coca-Cola, Infraero, Aché Lab;Apoio: Holiday Inn, Odyssey South America, SPCOM;
Inscrições: exclusivamente pelo site do Instituto Ethos www.ethos.org.br no link do banner principal da página de abertura do site;Investimento: R$ 1.650,00 para associados ao Instituto Ethos e R$ 2.955,00, para não associados (preço especial válido até 11 de abril de 2008).

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Projeto “Na Mão Certa” contra exploração sexual infantil

O programa luta em defesa de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual

A Confenar - Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição – tem se esforçado para mobilizar governos, empresas e organizações da sociedade civil no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. A entidade apóia o Programa Na Mão Certa, desenvolvido pelo Instituto WCF-Brasil, braço direito da World Childhood Foudation - criado pela Rainha Silvia, da Suécia.
Atualmente, mais de 30 revendas já aderiram à iniciativa e lutam para fazer valer os três objetivos primordiais do planejamento. O primeiro é fazer a necessária articulação entre os três setores da sociedade: público, privado e terceiro setor. O segundo é educar caminhoneiros para que tornem-se agentes de proteção e co-responsáveis pela eliminação do problema. E o terceiro objetivo, mais amplo, visa promover o desenvolvimento das organizações que atendem crianças e adolescentes e, assim, fortalecer o sistema proteção, especialmente, as que se encontram em situação de maior risco.
Para Adriana Neves, Diretora de Comunicação e Marketing da Confenar é preciso trabalhar para que se consiga um número cada vez maior de adesões. “Estamos em contato com diversas revendas e creio que este número só deve aumentar”, comenta a executiva que ressalta a importância do programa. “É preciso mobilizar não só as revendas em si, mas também toda a comunidade local para extinguir este tipo de crime”, diz.
Como maior rede de distribuição de bebidas do Brasil, a Confenar acredita que há a necessidade do envolvimento de empresas e instituições privadas na batalha contra o abuso de crianças e adolescentes no País.


Sobre a Confenar
A Confenar, Confederação Nacional das Revendas AmBev e das Empresas de Logística da Distribuição, representa todas as empresas revendedoras dos produtos da AmBev. Criada em janeiro de 2003, é hoje a maior rede de distribuição de bebidas do País. Dentre suas iniciativas destacam-se a otimização das atividades do segmento, a garantia da sua representatividade e a geração de negócios que beneficiem os revendedores associados. Juntas, as revendas Confenar são responsáveis por uma das maiores frotas de veículos do País e por uma das mais complexas e eficientes operações de logística de distribuição do mundo.

Frenéticas em livro


Quem passou a curva dos "enta" certamente se lembra das Frenéticas. Divertidíssimas! Irreverentes.
Sandra Pera, irmã da Marília, está lançando nesta quarta, dia 9 de abril, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon, livro contando as histórias e causos do grupo.
Vale conferir!

Drs. da Alegria no You tube




TV Doutores da Alegria reúne ações institucionais e produção artística da organização


Os Doutores da Alegria acabam de inaugurar seu canal no site Youtube http://br.youtube.com/tvdoutores . A TV Doutores da Alegria é mais uma iniciativa da organização em compartilhar no âmbito da internet sua vasta produção artística e ações institucionais na formação, criação e pesquisa por parte de profissionais especializados em levar a arte do palhaço aos hospitais.


O novo domínio vai contemplar desde cenas dos espetáculos teatrais dos Doutores até intervenções dos palhaços pela cidade, passando por esquetes, gags e inclusive a produção de conteúdo exclusivo para o canal. Entre o material já disponível para os internautas, cenas do último Bloco do Miolo Mole, organizado pelos Doutores da Alegria do Recife, trechos do espetáculo "Midnight Clowns" e gravações das Rodas Artísticas realizadas em hospitais atendidos pela organização.Ao lado do site oficial (www.doutoresdaalegria.org.br), a TV Doutores da Alegria torna-se mais uma ferramenta para que o público possa acompanhar o trabalho desenvolvido pelos Doutores há 16 anos, seja levando teatro para crianças internadas, pais e profissionais de saúde; atuando em palcos convencionais e alternativos; ou contribuindo para que o palhaço seja um fomentador social, com sua capacidade questionadora e criativa.


Sobre os Doutores da Alegria


Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil cuja missão é promover e experiência da alegria junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais da área de saúde. Mantida pelo apoio de empresas e pessoas físicas na forma de patrocínio, parceria e associação, a organização foi pioneira na introdução do teatro em quartos de hospitais e mantém ainda um Núcleo de Formação e Pesquisa dedicado à arte do palhaço. Com um elenco de cerca de 60 palhaços profissionais que atuam em 18 hospitais em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Belo Horizonte, os Doutores da Alegria são reconhecidos em todo o país por seu profissionalismo e atuação inovadora. A organização conta também com uma equipe de cerca de 20 funcionários e colaboradores nas áreas de pesquisa, formação, gestão, administração e mobilização.


Desde a fundação em 1991, em São Paulo, por Wellington Nogueira - ator, palhaço e hoje Coordenador Geral da organização - seus palhaços já visitaram mais de 550 mil crianças e adolescentes hospitalizados, envolvendo também cerca de 600 mil familiares e mais de 13 mil profissionais de saúde. Atualmente, os Doutores trabalham ainda pelo cumprimento de novos objetivos, como o fortalecimento de sua atuação na área de formação. A organização recebeu o Prêmio Criança 1997 da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas.


DOUTORES DA ALEGRIATV DOUTORES DA ALEGRIA - YOUTUBE

Para acessar: www.youtube.com/tvdoutores

Desvendando a África é o novo curso da PUC-SP


As culturas africanas tiveram uma forte influência sobre América Portuguesa, e participam da constituição da cultura brasileira desde a colonização até nossos dias. Ao longo dos últimos anos, discussões e pesquisas buscam problematizar as questões que envolvem as relações entre essas culturas. Essa tendência coincide com o crescente interesse de pesquisadores e do público em geral em conhecer melhor as matrizes da sociedade brasileira.
Apesar de já existirem alguns cursos livres e grupos de estudos tratando dessa temática, a PUC-SP, por intermédio de sua Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão (Cogeae), é a primeira instituição a promover um curso com abrangência e caráter de extensão universitária, aos alunos já graduados, ou de extensão cultural e aos que ainda não possuem formação universitária. Sua abordagem prevê o desenvolvimento de técnicas de ensino e de pesquisa.
Com carga horária de 32 horas, a extensão também visa a promover a atualização acadêmica de professores de diferentes disciplinas dos níveis de ensino médio e fundamental, cumprindo as exigências da lei n° 10.639/2003, que tornou obrigatório o ensino de História e culturas afro-brasileira e africana nas escolas.
O conteúdo programático traz pontos essenciais para que se possa compreender o continente africano, destacando a complexidade das suas sociedades. Partindo da diversidade política e cultural dos povos, traçará um panorama histórico das principais sociedades da África sub-saariana (território ao sul do deserto do Saara), entre os séculos IV e XIX, especialmente nas regiões que passaram a estabelecer relações comerciais com a Europa e se tornaram fornecedoras de escravos para o Brasil.
As aulas serão divididas em duas partes: a primeira será expositiva e a segunda contará com exercícios que incluem a análise e a interpretação de diferentes fontes históricas, como textos, fotografias, gravuras, objetos materiais, mapas e outras ferramentas que possam ser aplicados pelos professores em sala de aula.
Dirigido a professores e alunos de graduação e pós-graduação em Ciências Humanas e professores dos ensinos fundamental e médio, o curso tem início em 26 de Abril e aulas sempre aos sábados, das 13 às 17 horas, no campus Monte Alegre, que fica na Rua Ministro Godói, 969 - Perdizes - São Paulo.

Mais informações e inscrições: 0(XX)11 3670-3300, www.pucsp.br/cogeae e infocogeae@pucsp.br

Na foto: Nairóbi (Quênia)

Centro de Cultura e Memória do Jornalismo


segunda-feira, 7 de abril de 2008

Oportunidade de bolsa no Canadá

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PARA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR 2008/2009

GRADUATE STUDENTS EXCHANGE PROGRAM (GSEP)
2008-2009

PROGRAMME D'ÉCHANGES D'ÉTUDIANTS DES CYCLES SUPÉRIEURS
2008-2009

O programa GSEP oferece bolsas de estudo de curta duração a estudantes de Mestrado e Doutorado para realizar pesquisa em uma universidade canadense pública ou instituto de pesquisa afiliado, durante um período mínimo de quatro e máximo de seis meses.

Durante o período em que estiverem no Canadá sob o programa GSEP, os estudantes continuam vinculados as suas universidades de origem no Brasil, responsáveis pelo pagamento de suas mensalidades e taxas.

O prazo de inscrição encerra-se em 25 de abril de 2008. Os resultados serão divulgados em junho de 2008 e os estudantes deverão estar no Canadá e iniciar sua pesquisa até 1º de janeiro de 2009.

Elegibilidade:
· Os estudantes devem ser cidadãos brasileiros que estejam cursando Mestrado ou Doutorado em período integral.
· É desejável que haja um acordo vigente entre a instituição canadense e a universidade do estudante no Brasil. Caso não exista nenhum acordo de cooperação de pós-graduação, serão consideradas também as candidaturas referentes a pesquisas de pós-graduação, que envolvam uma nova ou já estabelecida colaboração entre professores de universidades canadenses e brasileiras que desejam desenvolver uma parceria institucional.
Temas/Áreas elegíveis:
Aberto a todas as disciplinas, incluindo programas interdisciplinares. Projetos com teor de pesquisa científica terão prioridade.
Valor:
A bolsa será de até CAD$ 10,000 (dez mil dólares canadenses), a ser administrada pela instituição anfitriã no Canadá.
Observações:
· É a instituição canadense que deverá apresentar a candidatura em nome do estudante interessado.
· O estudante deverá contactar a assessoria internacional de sua universidade e professores para se informar sobre os acordos de cooperação existentes com universidades canadenses. Para referência, uma lista de acordos está disponível no sítio http://oraweb.aucc.ca/showcue.html (favor notar que esta lista pode não conter todos os acordos atualmente em vigor).
· Informações adicionais sobre o GSEP, em francês e inglês, estão disponíveis no sítio http://www.scholarships.gc.ca/.
Em caso de dúvidas, favor contactar:
Assessoria para Assuntos de Educação e Diplomacia Pública Embaixada do Canadá
E-mail: Academic.bsb@international.gc.ca ou academique.bsb@international.gc.ca

Aldeias Infantis SOS Brasil tem vagas em aberto para mães sociais




A Aldeias Infantis SOS Brasil, organização que está no Brasil há mais de 40 anos e atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, tem vagas em aberto para mães sociais – profissão regulamentada por Lei com todos os direitos e benefícios previstos na CLT – cujo trabalho consiste basicamente em ser mãe substituta, doando amor e educando essas crianças e adolescentes.

Os pré-requisitos para ocupar a vaga são:
- Disponibilidade para dedicação integral,
- Desejável ensino médio e idade mínima de 25 anos.

Para se candidatar às vagas, as interessadas devem entrar em contato com a ONG pelo e-mail: maesocial@aldeiasinfantis.org.br

Sobre a ONG

A Aldeias Infantis é uma instituição sem fins lucrativos que atua há 40 anos no País, no atendimento de crianças e adolescentes que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social. Hoje, são atendidas cerca de 9500 crianças pelos dois programas da Organização: Programa de Acolhimento Familiar (15 Aldeias); e o Programa de Fortalecimento Familiar e Comunitário (PFFC – 14 Centros Sociais).

Encontro Nacional de Direitos Animais

07/04/08

São Paulo será sede do "Encontro Nacional de Direitos Animais" Durante quatro dias, de 01 a 04 de maio, ativistas de todo o Brasil participam em ambiente de convivência e debate, em Porangaba (SP), de um evento de capacitação e discussão sobre a causa animal.
Com o tema "Discutindo o Movimento, Nutrindo-se nas Diferenças e Capacitando Nossos Ativistas", o "Encontro Nacional de Direitos Animais" (ENDA), evento sem precedentes no país, será realizado no Parque Ecológico Visão Futuro, localizado próximo à cidade de Porangaba, a 165 km da cidade de São Paulo.

Estão confirmados mais de 30 palestrantes, entre eles, o norte-americano Rynn Berry, que leciona História do Vegetarianismo na \\´The New School for Social Research\\´, a norte-americana Susan Andrews, psicóloga e antropóloga, Herón Santana, promotor de Justiça do Meio Ambiente da cidade de Salvador, Laerte Fernando Levai, promotor de Justiça em São José dos Campos, que atua na área criminal, ambiental e defesa dos animais e George Guimarães, nutricionista vegano e ativista pelos direitos animais.

O ENDA tem como objetivo integrar e capacitar ativistas e interessados pela causa animal. É voltado tanto às pessoas que exercem um papel de liderança em grupos quanto ao ativista recém-chegado ou até mesmo os curiosos que desejam aprender mais sobre veganismo e direitos animais. As atividades vão possibilitar que os inscritos aprendam sobre os temas pertinentes e conheçam as pessoas que integram o movimento. Ana M.Machado

Mais informações e inscrições:www.veddas.org.br/enda

domingo, 6 de abril de 2008

Siemens é a nova aliada do Instituto Airton Senna


A Siemens, por meio das áreas de Alarme Monitorado 24 horas e Instalações elétricas, firmou uma parceria com o Instituto Ayrton Senna para investimentos em projetos educacionais. A iniciativa consiste em destinar parte do faturamento das duas áreas para projetos educacionais que ajudarão a beneficiar cerca de 1.350.000 crianças e jovens atendidos pelo instituto a cada ano.

Para o diretor da Building Technologies da Siemens, Paulo Alvarenga, fomentar ações relacionadas à educação vai ao encontro do compromisso da Siemens. “Entendemos que um dos principais desafios da sociedade atual é garantir e aperfeiçoar a infra-estrutura e os serviços essenciais, como é o caso da segurança, considerando o impacto das megatendências de urbanização e mudanças demográficas. Nesse contexto, investir em educação é fundamental, ainda mais quando a estimativa é que o planeta abrigue, até 2025, mais de oito bilhões de habitantes”.

"Contribuir para o bem-estar das pessoas é garantir mais qualidade ao seu desenvolvimento. E isso a Siemens faz com muita competência. No entanto, é essencial garantir educação de qualidade para formar cidadãos mais preparados e mais felizes. Por isso, essa aliança é um grande casamento de ideais e sonhos. O Instituto trabalha para garantir essa educação diferenciada e a Siemens, por meio de sua expertise, colabora com recursos para que continuemos fazendo esse trabalho na construção de um Brasil melhor e mais justo", completa Margareth Goldenberg, diretora executiva do Instituto Ayrton Senna.

Os recursos aplicados nos programas do Instituto Ayrton Senna vêm dos 100% dos royalties do uso de imagem do piloto Ayrton Senna e do personagem Senninha, doados à entidade pela família do piloto, e do investimento de 80 empresas socialmente responsáveis, entre elas a Siemens.

Sobre a área de Instalações Elétricas no Brasil
Com forte investimento em tecnologia, a área de Instalações Elétricas da Siemens é considerada uma das maiores do setor elétrico. Em 2002, a Iriel Ind. Com. de Sistemas Elétricos Ltda., com sede em Canoas (RS), passou a fazer parte do grupo Siemens, ampliando sua atuação no mercado brasileiro de materiais elétricos de instalação para o segmento da Construção Civil abrange quadros de distribuição de energia, disjuntores, barramentos blindados, fusíveis, dispositivos de proteção de fuga de corrente, protetores contra surtos, conectores, sensores de presença, dimmers, interruptores e tomadas e sistema para automação predial.
Para outras informações acesse: http://www.blogger.com/

Sobre a área de Alarme Monitorado 24 horas
Proporcionar tranqüilidade aliada a avançadas tecnologias. Esse é um dos pilares da unidade Building Technologies da Siemens, que é líder no mercado brasileiro em Serviço de Alarme Monitorado 24 horas para residências, condomínios e estabelecimentos comerciais.E é uma das maiores fornecedoras do mundo em Soluções Integradas de Segurança, Proteção contra Incêndio, Automação e Controle Predial, Rastreamento de Veículos, oferecidos em formatos que se moldam as necessidades de cada cliente, personalizando cada prestação de serviço.

Por meio da maior Central de Monitoramento do Brasil, a Siemens monitora mais de 50 mil clientes, 24 horas por dia e é a única do país a operar com duas centrais em cidades diferentes. Assim, mesmo em caso de acidente em uma das centrais, o monitoramento continua em pleno funcionamento.
Para outras informações acesse: http://www.blogger.com/

Sobre o Instituto Ayrton Senna
(senna.globo.com/institutoayrtonsenna)
Fundado em novembro de 1994, o Instituto Ayrton Senna é uma organização não-governamental sem fins lucrativos, que tem como meta principal trabalhar para criar oportunidades para que crianças e jovens em todo o Brasil possam desenvolver seus potenciais. Para isso, a organização criou, testou, implementou e avaliou, com base no conceito de desenvolvimento humano, soluções educacionais: métodos e metodologias que podem ser aplicadas em larga escala, beneficiando milhares de crianças e jovens com programas dentro da escola (educação formal) e fora dela (educação complementar).

Em 13 anos, essas soluções transformaram a vida de 7.896.146 crianças e jovens, em 25 estados brasileiros, e capacitaram 410.770 educadores de 10.670 organizações não-governamentais, escolas e universidades parceiras. Desde 1994, foram investidos R$ 161 milhões nos programas educacionais.

Este trabalho levou a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciências e a Cultura) a conceder ao Instituto a Cátedra em Educação e Desenvolvimento Humano, reconhecendo-o e posicionando-o como uma referência mundial nessa área, como um centro de reflexão, pesquisa e produção de conhecimento. O Instituto Ayrton Senna é a primeira organização não-governamental em todo o mundo a receber este título, normalmente concedido a Universidades e centros de excelência em determinado campo do conhecimento.

O Instituto Ayrton Senna desenvolve os programas Acelera Brasil, que trabalha a aceleração de aprendizagem; o Se Liga, que combate o analfabetismo; a Gestão Nota 10, que atua na área de gestão escolar; o Circuito Campeão, que acompanha os resultados nas séries iniciais do ensino fundamental e o Sua Escola a 2000 por Hora, que trabalha o uso criativo da tecnologia. Também criou e implementou os programas Educação pelo Esporte, Educação pela Arte, Comunidade Conectada e SuperAção Jovem que utilizam, respectivamente, o esporte, a arte, a tecnologia e um trabalho diferenciado com a juventude para oferecer oportunidades de desenvolvimento a meninos e meninas. Todos os programas educacionais do Instituto têm como meta desenvolver as competências pessoais, sociais, cognitivas e produtivas da criança e do jovem.

Viva a Mata 2008: de 30 de maio a 1º de junho no Parque Ibirapuera, em São Paulo




Entre os dias 30 de maio e 1º de junho, das 10 às 18h, a Fundação SOS Mata Atlântica realiza a quarta edição do Viva a Mata – mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica, aberto ao público em geral, na Marquise do Parque Ibirapuera, em São Paulo capital (foto). O evento conta com uma vasta programação: palestras, debates, exposições de ONGs que atuam em diversas regiões com projetos pela conservação da Mata Atlântica, estandes temáticos, oficinas, peças de teatro, maquetes interativas, lançamento de livros, atividades com voluntários, entre outras manifestações artísticas. Não deixe de conferir!

Os principais objetivos do Viva a Mata são comemorar o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio), promover a troca de informações e experiências entre os que lutam pela conservação deste Bioma, realimentar o movimento ambientalista, e informar e conscientizar a sociedade. Na edição passada, o Viva a Mata reuniu cerca de 200 expositores e recebeu aproximadamente 75 mil pessoas interessadas em conhecer o que está sendo feito no País pelo Bioma e aprender sobre como melhorar sua relação com o meio ambiente.

Neste ano, o cenário será idealizado pelo designer Beto Von Poser, que traz uma proposta de criação de estandes feitos com paredes de garrafas PET e piso de OSB (Oriented Strand Board, ou Painel de Tiras Orientadas), em respeito ao meio ambiente. O OSB é um material conhecido por causar pouco impacto ao meio ambiente, pois não são utilizadas árvores adultas em sua fabricação e a matéria-prima é constituída por madeira de pequena dimensão vinda de florestas geridas de maneira sustentável.

O Viva a Mata terá o apoio da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e já tem confirmada a participação do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Conservação Internacional, Arte em Pneus, Fundação Tamar, Vento em Popa e diversas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN). Mais informações pelo e-mail mailto:comunicacao@sosma.org.br ou pelo telefone (11) 3055-7888.

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Programação do Centenário da ABI

Até o dia do aniversário da ABI, 7 de abril, quando acontecerá um grande show no Teatro Municipal, a data será festejada com música, sessão especial na ABL, lançamento de selo comemorativo e sessão de julgamento de casos de jornalistas pela Comissão de Anistia, entre outros eventos.

*Dia 1º de abril, Palácio Itamaraty do Rio, às 12h30: abertura das comemorações do centenário da Associação Brasileira de Imprensa. A apresentação do quarteto Bruce & Villa's Voz — Bruce Henri (contrabaixo), Leo Ortiz (violino), Fernando Moraes (piano) e Ricardo Costa (percussão e bateria) — será aberta ao público, com entrada franca.

*Dia 3, às 17h30: sessão da Academia Brasileira de Letras em homenagem à ABI, no Petit Trianon, com a participação do jornalista e escritor Moacir Pereira; do ex-Presidente da ABI, professor e historiador Fernando Segismundo; do jornalista Villas-Bôas Corrêa, decano da crônica política do País; do jornalista Cícero Sandroni, Presidente da Academia; e do acadêmico, jornalista e escritor Murilo Mello Filho. *Dia 4, às 10h: sessão de julgamento de processos de jornalistas, pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, na sede da ABI (Rua Araújo Porto Alegre, 71). O Ministro Tarso Genro fará a abertura do ato, que será conduzido pelo Presidente da Comissão de Anistia, Paulo Abrão Pires Júnior. *Dia 7, às 11h: lançamento do selo comemorativo do centenário, em ato com a presença do Presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Carlos Henrique Custódio, sede da ABI. O selo põe em relevo a figura do fundador Gustavo de Lacerda e a imagem do Edifício Herbert Moses.

*Dia 7, às 20h: “Show do centenário”, com a participação da Orquestra Petrobras Sinfônica, sob a regência do Maestro Isaac Karabtchevsky, e de Paulinho da Viola, no Teatro Municipal do Rio. A essa sessão de gala estarão presentes o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Governador Sérgio Cabral e outras personalidades de diferentes setores da sociedade, entre as quais dezenas das cerca de 180 que aceitaram o convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da ABI.
A programação do Centenário se estenderá até março de 2009, com iniciativas como exposições, seminários e edição de obras. Leia e acompanhe no ABI Online (www.abi.org.br).

Samba, Patrimônio Cultural do Brasil



Como parte das comemorações pela titulação do samba no Rio de Janeiro, a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e o Centro Cultural Cartola propõem a realização do seminário “Samba, Patrimônio Cultural do Brasil”, com a finalidade de discutir e difundir o Samba, em especial nas suas formas matriciais – partido alto, samba de terreiro e samba enredo - que até hoje influenciam o processo de criação desse gênero musical em sua enorme variedade.

É evidente que o samba no Rio de Janeiro, em sua vertente de espetáculo para o turismo e no que diz respeito aos gêneros de caráter mais comercial difundidos pela indústria fonográfica, pelo rádio e pela televisão, encontra-se relativamente bem estruturado. No entanto, esse quadro não atinge os principais protagonistas das matrizes do samba no Rio de Janeiro.

A programação do seminário incluirá palestras seguidas de debates e apresentação de sambas tradicionais acompanhados de exibição de vídeo-documentário sobre o tema.

O seminário terá, ainda, a finalidade de subsidiar trabalho de grupo que possa fortalecer, articular e ampliar as ações para um plano de salvaguarda relacionado ao registro do samba como Patrimônio Cultural do Brasil. Nesse sentindo, o 1º encontro para o Plano de Salvaguarda se realizará na seqüência de seminário, reunindo os sambistas interessados em discutir e propor ações e estratégias que possam proporcionar a difusão e a melhoria das condições de florescimento das formas de expressão do samba que se constituem hoje como Patrimônio Cultural do Brasil.

Durante a pesquisa destinada ao inventário e à elaboração do pedido de registro do bem como patrimônio cultural brasileiro, elencou-se uma série de iniciativas que podem vir a se constituir num plano de salvaguarda que ajude a promover as condições, para favorecer a manifestação, e a circulação da produção cultural de grupos identificados como depositários reconhecidos da tradição, como os partideiros e as velhas guardas do samba. Reunidos em grupos ou trabalhando individualmente, esses sambistas podem ter suas vozes amplificadas.



2- Antecedentes

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) registrou, em 9 de outubro de 2007, no Livro de Registro das Formas de Expressão do Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro, as matrizes do samba no Rio de Janeiro como Patrimônio Cultural do país, pedido encaminhado ao IPHAN, em setembro de 2004.
A pesquisa e o pedido de registro foram formulados pelo Centro Cultural Cartola com o apoio da Associação das Escolas de Samba do Rio de Janeiro e da Liga Independente das Escolas de Samba e estão focados no samba de terreiro, no partido-alto e no samba-enredo, formas de expressão matriciais do samba no Rio de Janeiro.
O registro das matrizes do samba no Rio de Janeiro se insere num projeto de âmbito nacional do Iphan de reconhecimento e valorização das formas de samba que constituem referências culturais da população brasileira. Já foram registrados, no âmbito do projeto, além do samba de roda no Recôncavo baiano, o jongo na região Sudeste e o tambor de crioula no Maranhão. O trabalho deve abranger ainda o samba de coco nordestino, o samba rural paulista, além de outras formas de samba tradicionais.
O reconhecimento do samba de roda no Recôncavo baiano como Patrimônio Cultural do Brasil, em 2004, e a sua inclusão, em 2005, na lista de bens do extinto Programa da Unesco das Obras-Primas do Patrimônio Oral da Humanidade motivaram o Centro Cultural Cartola a propor a análise dos variados estilos de samba que surgiram no Rio, nos primórdios do século XX, nas reuniões musicais em casa de Tia Ciata, no bairro do Estácio, nas escolas de samba, nos blocos, nos morros, nas ruas e quintais.

Impulsionou a iniciativa o lançamento, no início de 2004, do projeto “Samba, Patrimônio Cultural do Brasil” pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Governo Federal (SEPPIR) em parceria com o Centro Cultural Cartola que resultou ainda na exposição permanente inaugurada em 2005 sobre o samba, em cartaz até hoje na sede do Centro, na Mangueira.

SEMINÁRIO – “Samba Patrimônio Cultural do Brasil”
Local: SESC Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, 90 – Madureira – Tel 3350-7744

Programação

Dia 03 DE ABRIL

13h - Abertura

Ministro de Políticas de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR
Governador do Estado do Rio de Janeiro
Presidente do Instituto Histórico e Artístico Nacional - IPHAN
Superintendente Regional do IPHAN no Estado do Rio de Janeiro
Presidente do Centro Cultural Cartola

14h - Mesa 1 - Samba carioca

Nei Lopes - Da tradição africana
Sergio Cabral - Deixa Falar, o samba e a escola
Dulce Pandolfi - Samba, organização política e social - MEMÓRIA, IDENTIDADE E PROJETO CULTURAL
Mediador: Rachel Valença
(30 minutos para debate com sambistas e público)

Intervalo

17 h- Mesa 2 - Samba, força e coesão

Felipe Trotta - Samba e construção da nacionalidade
Helena Theodoro - Samba, religião e identidade

Monarco - Ser sambista, “um modo de viver”
Mediador: Jorge Carneiro
(30 minutos para debate com sambistas e público)

Dia 04 DE ABRIL

13h – Apresentação do documentário: “Matrizes do Samba do Rio de Janeiro “

14h - Mesa 3 - Samba: memória, tradição e mudança

João Baptista Vargens - História de ouvir contar: a transmissão da arte do samba de geração para geração
Tantinho - A importância de recolher tesouros perdidos do samba do RJ
Claudia Marcia - Registro e Salvaguarda do patrimônio imaterial: limites e desafios
Mediador: Lygia santos
(30 minutos para debate com sambistas e público)

Intervalo

17h – Titulação do Samba do Rio de Janeiro: Como ? Por quê? Pra quê ?

Relatores: Nilcemar Nogueira; Aloy Jupiara; Claudia Marcia; Renata Melo

18h – Entrega dos Títulos

Dia 05 DE ABRIL
Lançamento do catálogo "Samba patrimônio cultural do Brasil"
Local: Centro Cultural Cartola - Rua Visconde de Niterói 1296 – 14 horas

Droga Raia faz doações

O programa De Mãos Dadas com a Raia arrecadou mais de 4 mil brinquedos, que foram entregues a 26 instituições filantrópicas do interior paulistaDurante mais de um mês, o programa De Mãos Dadas com a Raia, projeto social da rede Droga Raia que apóia instituições e ações filantrópicas, arrecadou e doou mais de 4 mil brinquedos no interior de São Paulo. As instituições beneficiadas foram escolhidas pelos próprios funcionários.

"O modelo de projeto de responsabilidade social que acreditamos vai de dentro para fora. Por isso, sempre incluímos primeiro nossos funcionários nas causas que apoiamos", diz Cristiana Pipponzi, diretora de marketing da rede. "Aí vem a nossa grande contribuição: envolver e mobilizar todas as pessoas que estão ao nosso redor, focando no que sabemos fazer melhor, isto é, atender, servir e interagir com nossos clientes."

Os pontos de coleta das doações foram 37 filiais da Droga Raia, nas cidades de São Carlos, Araraquara, Piracicaba, Rio Claro, Itu, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Limeira, Campinas, Jundiaí, Marília, Franca, Sorocaba, Araçatuba, Bauru, Americana, Presidente Prudente, Santa Bárbara d'Oeste, Indaiatuba, Catanduva, Bragança Paulista, Araras, Barretos, Atibaia, Matão e Votuporanga. Os brinquedos foram doados por clientes e funcionários da rede. Após a entrega dos itens às instituições, algumas lojas participantes levaram as crianças para passear e lanchar.As instituições beneficiadas pela ação foram: AAMA - Associação de Assistência ao Menor (Americana); Lar Espírita Caminho de Nazaré (Araçatuba); Casa Betânia (Araraquara); Amcra - Associação de Amigos das Crianças de Araras; Apae - Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Atibaia); Casa Transitória André Luís (Barretos); Sorri (Bauru); Instituto Pró-Criança (Birigüi); Lar da Bênção (Bragança Paulista); Centro Infantil de Investigações Hematológicas Dr. Domingos Boldrini (Campinas); Lar da Criança (Catanduva); Chácara Sorriso (Franca); Casa da Criança Jesus de Nazaré (Indaiatuba); Ceac - Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Itu); Casa Transitória Nossa Senhora Aparecida (Jundiaí); Creche São Vicente de Paulo (Limeira); Associação Filantrópica de Marília; MDSC Paróquia Senhor Bom Jesus (Matão); Lar Franciscano de Menores (Piracicaba); Lar dos Meninos (Presidente Prudente); Corassol - Casa Caio (Ribeirão Preto); A.B.E. Casa das Crianças (Santa Bárbara d'Oeste); Grupo da Fraternidade Espírita Irmão Batuíra (São Carlos); Alarme - Associação Lar dos Menores (São José do Rio Preto); Casa do Menor (Sorocaba); e Escola Artesanal e Casa da Criança (Votuporanga).